Cearense Cimento Apodi inova na tecnologia da concretagem

Em parceria com a Nitrocrete, dos EUA, Apodi aplica a “Non-Crack Solution”, uma tecnologia que evita fissuras de retração e patologias futuras no concreto

A cearense Companhia de Cimento Apodi informa que celebrou parceria com a norte-americana Nitrocrete, por meio da qual está oferecendo uma solução “inovadora e pioneira” para a construção civil brasileira.

Segundo a Apodi, o resultado da parceria já pode ser anunciado: trata-se da “Non-Crack Solution”, uma tecnologia que evita fissuras de retração, defeitos de concretagem e aparecimento de patologias futuras no concreto.

Essa novidade é fruto da união das tecnologias das duas empresas – o CP III 40 RS BC, da Apodi, de alta resistência com baixo calor de hidratação, e o processo de
resfriamento da matéria-prima por meio de nitrogênio líquido, criado pela startup Nitrocrete.

De acordo com a Apodi, o “Non-Crack Solution” reduz custos e resíduos de embalagens plásticas, além de permitir operação mais rápida e totalmente automatizada na produção, além de economia de água e energia elétrica e, ainda, apresenta como diferencial o resfriamento dos agregados e não mais do concreto já preparado.

Um dos projetos no qual essa tecnologia já sendo aplicada localiza-se em Dom Inocêncio, no Piauí, em parceria com a construtora DoisA Engenharia.

“No Nordeste, estamos observando um forte potencial do Non-Crack Solution para uso nas concretagens de grande volume, que englobam os parques eólicos, cujas bases são de concreto e exigem alta qualidade e controle no concreto empregado. A solução conta com um cimento especialmente produzido para esta finalidade, para o que conseguimos agregar altas resistências, excelente reatividade e menor calor de hidratação no mercado (o que reduz muito os custos do concreto) que é CP III 40 RS BC da Apodi. Por meio do sistema de resfriamento por nitrogênio líquido (a -180oC) da Nitrocrete, é promovida uma redução automatizada de temperatura do concreto dentro da usina, permitindo que o lançamento do material seja consistente e de acordo com as especificações técnicas mais rigorosas, mesmo em regiões com elevada temperatura ambiente”, explica Mário Guilge, gerente de Produtos e Assessoria Técnica da Cimento Apodi.

De acordo com Guilge, o processo anterior ao Non-Crack Solution para concretagem era executado substituindo a água do concreto por gelo (a 0o C), visando reduzir a temperatura do concreto.

O sistema, entretanto, era manual, com alto risco de acidentes, elevado uso de água, energia, além da geração de muito resíduo plástico.

“Com a implantação da tecnologia Non-Crack Solution, foram eliminados cerca de 250 mil sacos plásticos de armazenagem de gelo em cada parque de 50 torres”, revela o gerente da Apodi.

Fonte: Egídio Serpa - Diário do Nordeste