“informa

Notícias

Pesquisadores estudam formas de contribuir para a evolução do cimento e do concreto

Pesquisadores estudam formas de contribuir para a evolução do cimento e do concreto

O cimento é o segundo insumo mais consumido do planeta, perdendo apenas para a água. Cientes disso, pesquisadores de diversos países avaliam maneiras de contribuir para a evolução do material, oferecendo opções sustentáveis ao mercado.

Entre os estudos de destaque está o do Departamento de Engenharia de Materiais e Cerâmica (DEMAC) da Universidade de Aveiro, em Portugal, que disponibiliza uma alternativa neste sentido. Feito a base de restos de celulose que são desperdiçados nas mais diferentes indústrias, o cimento desenvolvido pelos pesquisadores portugueses torna-se uma opção altamente ecológica e rentável.

Do mesmo modo, cientistas de todo o mundo analisam formas de desenvolver novos tipos de concreto, como o professor Bruno Luís Damineli, do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da USP de São Carlos, no interior de São Paulo. Damineli considera substituir as tradicionais britas, uma das matérias-primas do material, por agregados reciclados, composto obtido por meio de processos de reciclagem de rejeitos, criando assim um modelo sustentável.
Associada à

ubm white 2

 

 

Newsletter

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
E-mail Inválido
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida