Logo_siteLogo
Logo_siteData

Trabalhadores do setor da construção civil mudam rotina durante pandemia

 

Em uma obra civil de Votorantim (SP), uma enfermeira está percorrendo o canteiro de obras fazendo medição da temperatura nos funcionários.

A construção civil é uma das áreas com atividades permitidas durante a quarentena, determinada pelo governo estadual. Porém, em uma obra de Votorantim (SP) os hábitos mudaram entre os trabalhadores.

Os funcionários, por exemplo, estão lavando a mão com água e sabão logo que chegam, e também passando álcool em gel. Além disso, a temperatura de todos é medida no período da manhã.

Durante a tarde, uma enfermeira percorre o canteiro de obras repetindo a medição da temperatura e também orientando sobre a doença. As medidas de prevenção também são reforçadas.

No local, os trabalhadores com mais de 60 anos ou com doenças crônicas foram afastados, ou entraram em férias antecipadas por serem do grupo de risco do Covid 19.

"É um momento crítico com muita gente que ficou desempregada. Antes eu tava muito preocupado né, antes [do Covid-19] chegar aqui no Brasil, mas a empresa está tomando todas as medidas e a gente está conseguindo seguir com a jornada", diz o pedreiro Sérgio Lopes da Silva.

Caso algum funcionário apresente sintomas, ele é encaminhado para um médico. A iniciativa é uma parceria das construtoras com o Serviço Social da Construção Civil (Seconci).

Segundo a gerente regional do Seconci, Ester Gonçalves, o trabalho dos funcionários não será afetado.
"A área é muito aberta e existe uma segurança para trabalhar, fazendo todos os cuidados de higienização e segurança, percebemos que o rendimento continua igual".

O Seconci acompanha quatro obras na região e, ao todo, 400 trabalhadores seguem em atividade com os cuidados necessários.

 

Fonte: Globo.com