Logo_siteLogo
Logo_siteData

Indústria pode ter sinal de início de recuperação da pandemia em maio

Metodologia da FGV utilizada pela ABRAMAT reflete os impactos da COVID-19 no faturamento da indústria de materiais

 

A ABRAMAT (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção) divulga nessa quarta-feira, 17/06, a nova edição da sua pesquisa Índice, elaborada pela FGV com dados do IBGE sobre faturamento na indústria de materiais de construção. A pesquisa, anexa ao final do release, aponta que em maio de 2020 a indústria de materiais de construção faturou 10,6% mais do que em abril de 2020, porém 24,8% a menos que maio de 2019. No acumulado dos últimos 12 meses, o setor apresenta queda de 5,1%. Já no acumulado (de janeiro a maio) de 2020, o indicador tem queda de 13,3% em relação ao mesmo período de 2019. O Índice da ABRAMAT também aponta que abril 2020 apresentou queda de 33,7% em relação a abril de 2019. Maio já apresentou melhora em relação a abril, que foi até o momento o pior resultado de toda a série histórica do índice ABRAMAT.
De acordo com o presidente da ABRAMAT, Rodrigo Navarro, os dados do Índice refletem os danos causados pela pandemia que atingiu o país a partir de março. “As previsões apontam para uma retração dos efeitos da pandemia a partir de maio em vários estados do país, que iniciaram processos de flexibilização das medidas restritivas, porém ainda há riscos nesse processo e incertezas sobre os impactos negativos na economia neste momento de crise e também no pós-crise”. Ainda de acordo com o executivo da ABRAMAT, a revisão da estimativa de resultado para o ano de 2020 deve ser divulgada na edição de julho do Índice ABRAMAT, quando mais dados oficiais estarão disponíveis sobre os impactos, permitindo à FGV realizar uma estimativa mais precisa, ainda assim sujeita à fortes externalidades .
Quanto aos empregos no setor, a ABRAMAT esclarece que como a FGV utiliza como fonte primária o CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), cuja última edição disponibilizada pelo Governo é relativa a dezembro de 2019, não publicará informações sobre as vagas de emprego no setor até que os dados oficiais sejam atualizados.

 

Fonte: Site ALEC.org