2021_pt

Projeto ‘Construção Saudável +’ do Sinduscon-PA comemora 9 anos

 

O projeto ‘Construção Saudável +’, desenvolvido pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Pará (Sinduscon-PA), completou nove anos de atividades. Realizada desde julho de 2011, a iniciativa já alcançou 54.559 trabalhadores, com a participação de 374 empresas e 424 canteiros de obras na Região Metropolitana de Belém.“Os números comprovam o grande alcance do projeto e temos muito orgulho de poder ter isso de forma continuada dentro escopo de atividades do sindicato de forma gratuita, já que podemos sustentar o projeto com nossas próprias receitas. Por isso, à medida que surgem mais adesões de empresas ficamos ainda mais glorificados”, destaca o presidente do Sinduscon-PA, Alex Carvalho.

O sindicato, por meio de sua Central de Serviços, dispõe de um corpo técnico que, com base científica, desenvolve planejamento e prepara o material para os módulos que são aplicados nos canteiros. Os temas são definidos por sondagem aplicada aos trabalhadores durante sua participação nas palestras, que são totalmente gratuitas.Coordenado pela Central, o projeto surgiu com o propósito de contribuir para a qualidade de vida dos trabalhadores do segmento. Nesses nove anos de execução foram criados cinco módulos individuais de palestras socioeducativas sobre prevenção de doenças específicas, despertando interesse crescente de empresas e dos próprios colaboradores. Uma dessas experiências temáticas refere-se à violência doméstica, obtendo imediata adesão interinstitucional.Para Carvalho, o projeto representa respeito e valorização do que é primordial no setor da construção, que são as pessoas. “É um programa que ao longo desses 9 anos conseguiu levar para os canteiros conhecimentos e informação, comprovando nosso constante cuidado com o trabalhador”, ressalta.

Em julho de 2018 recebeu o Prêmio Estadual de Sustentabilidade conferido pela CNI. O Construção Saudável+ é considerado de fundamental importância para disseminar orientações preventivas na área de saúde e do comportamento social, consolidando um verdadeiro legado de cidadania no Estado.A iniciativa, que beneficia tanto trabalhadores quanto empregadores, já recebeu indicação ao Prêmio de Responsabilidade Social da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Além disso, o Circuito Saúde, que está inserido no Dia Nacional da Construção Social (DNCS) da CBIC, registrou, na edição de 2019, a marca histórica de 50 mil atendimentos do Construção Saudável+.

 

Fonte: Site CBIC