2021_pt

Caixa começa operação de nova linha de crédito para microempresa

 

 

A Caixa Econômica Federal iniciou a liberação do crédito emergencial para as micro e pequenas empresas do País, no âmbito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), que visa auxiliar estas companhias durante a crise causada pela pandemia do novo coronavírus.Segundo a estatal, inicialmente, deverão ser liberados R$ 3 bilhões nesta linha de crédito.

O governo será garantidor de até 85% do valor emprestado.As micro e pequenas empresas enquadradas no âmbito do Pronampe (com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões) devem acessar o site da Caixa para solicitar a contratação do crédito.

O processo será realizado em etapas. Desde a última terça-feira (16), empresas inscritas no Simples Nacional já podem solicitar o empréstimo. A partir de 23 de junho, será a vez das micro e pequenas empresas que não estão inscritas no Simples Nacional solicitarem o empréstimo, e a partir do dia 30 de junho começam a ser contratadas as operações para os microempreendedores individuais.

Qualquer instituição financeira pública ou privada autorizada pelo Banco Central poderá conceder a linha de crédito do Pronampe, que terá a Selic como a taxa máxima de juros (atualmente em 3%) mais 1,25% ao ano.

As operações têm carência de oito meses para início dos pagamentos, a partir da formalização do negócio, e um prazo total de 28 meses.

Os recursos obtidos por meio do Pronampe poderão ser usados no pagamento do salário dos funcionários ou para o capital de giro, com despesas como água, luz, aluguel, reposição de estoque, entre outras.

 

Fonte: Site ABRASFE